Na quarta-feira, 27 de outubro, o grupo de prevenção e controle de sobrepeso, obesidade, diabetes e dislipidemias encerrou suas atividades do ano nas dependências da Unidade Básica de Saúde. O grupo de Educação Alimentar e Nutricional, que tem na coordenação a nutricionista Sariane A. Carlesso, contou com a participação da comunidade em encontros quinzenais.

Ao longo do ano, temas diversos relacionados à alimentação e saúde foram abordados. A troca de experiências entre os participantes incentiva a busca pela melhora da saúde. Além disso, os integrantes do grupo contam com o apoio da psicóloga da unidade, Olga F. T. Frighetto.

“No último encontro foram relembrados os desafios superados no ano de 2019 e as metas para o próximo ano. Foram entregues certificados de participação e destaques de perda de peso”, afirma a nutricionista Sariane. Onze participantes foram atendidas que, ao longo do ano, perderam uma soma total de 48,5 Kg.

A participante Ivone Canei iniciou a reeducação alimentar com o grupo da unidade além de praticar atividade física regular, perdendo um total de 20,5 Kg em 2019. “O grupo de Educação Nutricional na Unidade Básica de Saúde de Ilópolis foi muito importante. O incentivo do grupo e da nutricionista me fez chegar até aqui. Hoje me sinto outra mulher e vou continuar participando dos encontros ano que vem, pois tenho muito a aprender. Agradeço a Deus em primeiro lugar pela conquista e também minha amiga nutricionista, Sariane A. Carlesso”, comemora.

A secretária de Saúde de Ilópolis, Ana Capra Ecker, lembra a importância de trabalhar com a prevenção e controle dos agravos relacionados à saúde. “Precisamos trabalhar com prevenção e ajudar na redução de peso destas participantes. Quero parabenizá-las pois são todas vencedoras”.

A nutricionista Sariane destaca que a reeducação alimentar aliada à prática de atividade física é fundamental para melhora da saúde como um todo. “É preciso muita persistência e força de vontade do paciente, e principalmente uma equipe disposta a olhar as dificuldades de cada um dando o amparo necessário. Além disso, não só aspectos relacionados à aparência devem ser evidenciados como conquistas do grupo, mas também a melhora do relacionamento com a família, autoestima, exames de sangue, qualidade da alimentação, além de incentivar outras pessoas a buscarem cuidar da sua saúde”.